Conheça a Nilo Saúde, a healthtech que usa tecnologia para oferecer uma assistência médica de qualidade à população 50+

Grão, 24 de março de 2021

Amanda Tucci

A Nilo Saúde é uma clínica multidisciplinar e virtual voltada para a população acima de 50 anos. Fundada pelos sócios Isadora Kimura, Victor Marcondes e Rodrigo Grossi, a startup foi criada com o objetivo de solucionar uma série de problemas existentes no atendimento médico e focado na prevenção e promoção de um envelhecimento saudável. 

O conceito da Nilo foi desenvolvido aos poucos, em um momento no qual os três sócios estavam procurando empreender. Isadora havia acabado de retornar de uma temporada no Vale do Silício, durante a qual fez um MBA em Stanford e trabalhou em uma startup de saúde mental. Victor, apesar de ser engenheiro, sempre trabalhou na área da saúde, influenciado pela família de médicos. Ele também havia acabado de voltar dos Estados Unidos, após concluir um MBA em Harvard. Rodrigo cursou mestrado e doutorado no ITA e trabalhou durante um longo período aplicando tecnologia na área da saúde. 

Unir saúde e tecnologia foi uma decisão natural, já a escolha pelo público-alvo aconteceu em razão de as pessoas com mais de cinquenta anos serem muito mal assistidas pelo sistema de saúde, quando é justamente esta parte da população que mais necessita dele, seja para a prevenção ou para o tratamento de doenças. 

“Quando a Grão me procurou, nós ainda estávamos em uma fase de desenvolvimento de ideias. Eles nos apresentaram a potenciais clientes, o que acabou ajudando bastante para entendermos o que faria sentido para o nosso negócio e o que não teria muita utilidade no mercado” – Victor Marcondes, cofundador da Nilo Saúde

O grande desafio da Nilo foi exatamente conseguir fazer uma gestão mais inteligente de todo o processo, atuando entre as operadoras e os pacientes. Na maioria das vezes, por falta de uma assistência inteligente, os pacientes acabam usando seus planos de saúde de forma desgovernada e ineficiente, o que acaba gerando uma enorme despesa para as operadoras. A Nilo faz a gestão dos pacientes, atendendo suas necessidades e resolvendo grande parte de seus problemas com seu próprio atendimento virtual, que conta com profissionais treinados especificamente para atender a este público. 

Com a ideia já bem desenvolvida, a Nilo Saúde passou por uma rodada de investimentos em abril de 2020 que permitiu que um teste fosse feito entre os usuários, além do lançamento do MVP. Alguns meses mais tarde, em novembro, a plataforma foi oficialmente lançada para as operadoras. 

Como a Nilo chegou à Grão 

A Grão conheceu o plano de negócio da Nilo ainda quando a ideia estava tomando forma, no fim de 2019. Victor, um dos fundadores, tinha acabado de voltar do MBA e estava trabalhando em um fundo de venture capital como investidor e empreendedor em residência quando a Grão entrou em contato para conversar sobre planos e ideias. “Quando a Grão me procurou, nós ainda estávamos em uma fase de desenvolvimento de ideias. Eles nos apresentaram a potenciais clientes, o que acabou ajudando bastante para entendermos o que faria sentido para o nosso negócio e o que não teria muita utilidade no mercado”, conta Victor.  Após tê-la acompanhado durante todo o processo de ideação, a Grão entrou como investidora na rodada de 2020.