Conheça o Programa Semente, um projeto que transforma a sociedade a partir da educação

Grão, 26 de janeiro de 2021

Amanda Tucci

O Programa Semente é uma iniciativa que tem como objetivo promover o aprendizado socioemocional nas escolas, desenvolvendo aptidões e habilidades fundamentais para que as crianças possam se tornar adultos mais responsáveis, mais capacitados e mais socialmente conscientes. O Programa foi idealizado por dois profissionais amplamente qualificados e com muitos anos de experiência na área da educação, o psiquiatra Celso Lopes de Souza e o linguista Eduardo Calbucci. Os dois se conheceram por darem aulas no mesmo curso pré-vestibular, Celso de química e Eduardo de português. No vai e vem dos corredores e das salas de aula, os dois colegas dividiram uma observação em comum em relação aos alunos: o quanto a dificuldade de lidar com as emoções impactava suas vidas acadêmicas.

“Por meio da Grão, nós conseguimos apresentar o projeto à Fundação Bradesco, que acabou se tornando um importante parceiro para nós. Com ela, nós começamos nosso primeiro ano com cerca de 15 mil alunos da Fundação” – Dr. Celso Souza, cofundador do Programa Semente

Este foi o impulso inicial para a criação do Programa Semente, a compreensão de que a aprendizagem socioemocional não só poderia ser ensinada e aprendida como ela poderia ser absolutamente decisiva tanto no período escolar, quanto na vida adulta e profissional dos alunos. Foi necessário muito estudo e muita pesquisa para encontrar o método certo e a implementação adequada para que essas habilidades pudessem ser ensinadas nas escolas. Celso ficou a cargo do desenvolvimento conceitual, Eduardo, da coordenação editorial do material. André Saretta, sócio administrador que se juntou ao Programa ainda em sua fase de idealização, foi o responsável pela logística e pela contabilidade necessárias para empreender.  

Em outubro de 2016 o Programa foi oficialmente lançado e já no início do ano seguinte, em 2017, começava a funcionar nas primeiras escolas. O sucesso veio logo no início, quando a projeção inicial de alunos esperada para o primeiro ano foi superada em mais de duas vezes, e o Programa passou a impactar a vida de 18 mil alunos. Hoje, quatro anos depois, são mais de 50 mil os alunos que recebem a formação socioemocional do Programa Semente. 

“Eu sempre admirei o projeto do Dr. Celso, tive uma experiência pessoal com o treinamento dele e percebi o quanto minhas habilidades socioemocionais poderiam ser desenvolvidas”, conta João Pedro Solano, sócio da Grão

Quando nos conhecemos 

As histórias da Grão e do Programa Semente se encontram antes mesmo de o projeto ser idealizado, já que Celso e João Pedro, fundador da Grão, já se conheciam. “Eu sempre admirei o projeto do Dr. Celso, tive uma experiência pessoal com o treinamento dele e percebi o quanto minhas habilidades socioemocionais poderiam ser desenvolvidas”, conta João Pedro. Por este motivo, a Grão acreditou no projeto desde o seu início e, quando ele estava pronto para ser implementado, foi ela quem abriu as portas ao seu maior cliente até hoje, a Fundação Bradesco. “Por meio da Grão, nós conseguimos apresentar o projeto à Fundação Bradesco, que acabou se tornando um importante parceiro para nós. Com ela, nós começamos nosso primeiro ano com cerca de 15 mil alunos da Fundação”, lembra Celso. Mais tarde, quando o Programa abriu uma rodada de investimentos com o objetivo de expandir ainda mais o seu espectro de atuação, a Grão apostou mais uma vez e entrou como investidora.